notícias

1.000.001 UDID’s vazados

O grupo hacker Antisec, invadiu o notebook de um Supervisor do FBI Regional Cyber Action Team e conseguiu baixar 12.367,232 UDID’s.

A lista contem nomes de usuários, nome dos dispositivos, tipo de dispositivos, tokens de notificações push, cep’s, números de celulares, endereços, …

O arquivo baixado com a lista foi o NCFTA_iOS_devices_intel.csv. NCFTA é a National Cyber-Forensics & Training Alliance, uma organização sem fins lucrativos, que reúne especialistas tanto da área pública quanto privada.

O motivo dessa lista não foi explicado pelo FBI. Mas é extermamente suspeita. Como forma de retaliação o Antisec publicou 1.000.001 dos UDID’s capturados.

Atualização

O FBI nega que tenha sido a fonte do vazamento. Foi cogitado que os UDID’s tenha vindo do Instapaper, quando o FBI apreendeu alguns servidores devido por causa de “scareware” e acabou levando junto um dos servidores do Marco Arment. A fonte do arquivo é tida como marco armentO, por isso a foi cogitada tal possibilidade. O Marco Arment alega que o servidor tinha apenas poder de processamento, não dados, e que o Instapaper nào tem nada perto de 12 milhões de usuários.

Isso levou a uma discussão no twitter. Entre o Marco Arment e o 9to5, o Instapaper até teria parado, a pedido, de aceitar artigos do 9to5…

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar