notícias

Contratações no Vale do Silício

JobsPoints

Em 2005, Apple e Google assinaram um acordo para que uma não contratasse funcionários da outra e vice-versa.

Logo outras aderiram ao acordo. Microsoft, IBM, Dell, eBay, Comcast, Dreamworks, … como revelou o Pando Daily.

Quem não aderiu ao cartel era classificado como “persona non-grata”.

Por que usei o termo cartel?

Por que o objetivo inicial era manter os salários da empresas “iguais”. Evitando portanto uma bolha salarial porém dificultando a livre-concorrência.

Alô Marco Civil!

Tudo isso foi descoberto em 2009, houve investigação, o acordo foi quebrado, ação coletiva… E agora em maio será julgado.

Nos documentos do processo, vemos um Steve Jobs impetuoso.

Quando o Google tentou contratar um funcionários da Apple, Jobs mandou um email para Eric Schmidt que demitiu a pessoa em questão.

Numa troca de emails sobre o assunto, Jobs brutalmente sorriu.

jobs-smile-firing-google

Como disse John Grubber, se fosse numa era Tim Cook isso não aconteceria.

E já que o assunto é contratações, a Apple contratou Sabrina Ross como advogada de privacidade, obiviamente para cuidar da proteção de dados, monitoração eletrônica, … Amber Cottle, com larga experiência em Washington, como lobista. E Bob Kupbens, ex VP de Marketing da Delta Air Lines, se junta ao time de retail online da Angela Ahrendts.

Mas perde em abril Cathy Edwards. Ele co-fundou a Chomp, que ao ser adquirida pela Apple, levou Edwards. A Chomp era um motor de busca de Apps. Inicialmente, ele era responsável por Search and Management. Depois do fiasco dos Mapas, assumiu como Diretor de Mapas.

Curiosamente, a recomendação de buscas relacionados na App Store está para entrar no ar a qualquer momento, ao menos nos US.

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar