notícias

Gradiente admite vender marca “iphone”

Eugenio Staub, presidente da IGB, dona da Gradiente, que por sua vez é detentora da marca “iphone”, disse ao Bloomberg que está aberto ao diálogo a qualquer momento, que a IGB não é radical.

Ou seja, a IGB/Gradiente está disposta a vender/licenciar.

Alguém está surpreso?

O curioso é que o anúncio sai junto com a publicação decisão do INPI, quer dizer na verdade ela vai atrasar, e só vai ser publicada semana que vem, dia 13 de fevereiro.

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close