notícias

Here’s to the crazy ones: uma péssima ideia

 
Em entrevista a Macworld UK, Ken Segall, do famoso Thin Different, conta alguns detalhes do livro Insanely Simple: The Obsession That Drives Apple’s Success.

Entre eles que Jobs não quis narrar o “Here’s to the crazy ones”. Tinha receio que as pessoas o considerassem egóico e esquecessem da mensagem. Tanto que só “oculto” até sua morte, quando viralizou.

Etiquetas

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar