dicas

Manutenção Rotineira do OS X

Apesar de falarem que o Mac OS X não precisa de manutenção, isso é um mito. Com o tempo ele fica lento sim. E precisa de manutenção para extrairmos mair desempenho.

A Apple recomenda que você desligue seu notebook apenas se você não for usá-lo pelos próximos 3 dias. Do contrário, apenas o deixe dormir. Eu digo que bootar é uma das melhores técnicas de manutenção. Eu sempre reinicializo quando uso muito PhotoShop e Flash. É um conceito subjetivo que funciona bem. Sinto que o sistema está agarrando já tem uns 4 ou 5 dias que não rola um boot? Então é hora. Em média dou um boot por semana.

Redefinir o Safari, aumenta a performance na navegação. Faço isso uma vez por semana, tempo que surgem os primeiros sinais de queda de performance. Isso varia muito com tamanho do seu cache. Logo, o tempo ideal para o seu sistema pode ser maior ou menor.

A terceira prioridade é verificar as permissões dos arquivos de tempos em tempos. As permissões é algo sem unanimidade. Até as primeiras versões do Snow Leopard existia problemas com permissões e de fato era preciso repará-las. E tese, esse problema não ocorre mais. Só que reparar as permissões a cada mês ou a cada nova instalção, é uma boa tática. Pelo menos aumenta a performance. Essa dica de reparar as permissões a cada novo aplicativo instalado, é mais para ter um gatilho para disparar o processo do que por algum problema de instalacão. Poderia ser a cada dia 15 do mês. Eu gosto de gatilhos. A cada mudança de estação mudo todas as minhas senhas. Escuto falar de inverno, já sei o que tenho que fazer, mudar as senhas.

Com esses três passos você manterá o desempenho do seu Mac como se estivesse sido recém instalado.

Há outras coisas que podemos fazer. Rebuildar o SpotLight e o Mail pode ser benéfico também. É uma operação lenta. O SpotLight ficará indisponível durante a reindexação. O tempo varia de acordo com o tamanho do que precisa ser indexado. Como média leva cerca de 2-4 horas.

Deletar a lixeira, os caches, sejam do sistema, do usuário, da internet ou de fontes, bem como os logs, mantém o sistema enxuto.

Desfragmentar também é um ponto onde falta unanimidade. A balança pende para o lado de não precisar desfragmentar. Apenas se você estiver no limite da capacidade do seu disco e possuir grandes arquivos, como os de vídeo, é indicado fazer um defrag. Não existe ferramenta nativa no OS X para isso. É preciso de ferramentas de terceiros. Nunca, repito, nunca efetue desfragmentação em discos SSD. Alem de não obter ganhos de performance a vida útil é reduzida, já que cada SSD possui um limite de número de gravações.

Por sorte existe um aplicativo que faz todas as manutenções! Onyx. E é gratuito. Com ele você pode executar cada uma dessas tarefas separadamente ou todas em lote.

Uma vez por semana eu redefino o Safari(Safari -> Redefinir Safari) com as seguintes opções:

E uma vez por mês executa a rotina do Onyx.

Outra coisa que gosto de fazer é executar o CleanMyMac uma vez a cada 2 meses.

Uso meu MacBook Pro como computador principal e intensivamente. O período para executar cada um desses passos é muit opessoal e depende do tanto que seu sistema é utilizado. Portanto, descubra os números que lhe deixam confortável.

Etiquetas

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close