opinião

Mountain Lion, Missão Cumprida

O dia hoje teve ares de Keynote de abertura de WWDC. Foi muito corrido. Agitado. Apesar de ter baixado o Mountain Lion minutos após o lançamento só consegui, por motivos profisisonais, instalá-lo 6 horas depois. Nem escrevi os posts (ainda) sobre o resultado fiscal.

A instalação, num MacBook Pro i7 2GHz 8GB, demorou 1 hora ao todo.

O primeira inicialização foi bastante lenta. Depois regulariza.

Na primeira o olhada já se nota o novo Dock. Perdeu a transparência na base, eu acho.

Tive “problema” com 4 aplicativos. O Air Video Server, Little Snitch, Flash e Itaú. Fui avisado que o Air Video Server não rodaria pela falta do Java SE, mas mostrava como fazer o download. O Little Snitch disse que não era compatível, instalei a versão mais recente. O Flash foi bloqueado no Safari por ser uma versão antiga e sem atualizações importantes de segurança, uso realmente uma versão antiga mas resolvi ceder. O Itaú alega que não é compatível com o Safari 6.

Isso mesmo temo um novo Safari! Com abas maiores, barra de endereços e busca unificadas, armazenamento de senhas, sincronismo de abas via iCloud, opções de compartilhamento e extremamente rápido! Impressiona. É visível. Verdade seja dito o Mountain Lion parece ser bem mais leve e ágil que seu antecessor.

As senhas do Safari me incomodaram um pouco, por que uso o 1password. Não achei um lugar para desabilitar. O Bruno Moreira resolveu esse problema. No Safari, Preferências -> Auto Preenchimento -> Usuário e Senhas, basta desmarcar e reiniciar o aplicativo.

Outra coisas que desagradou muitas pessoas são as abas “gigantes”, ocupando toda a barra de endereços sempre. Realmente é esquisito, por sorte uso muitas abas, disfarça o efeito.

Outros updates também foram disponibilizados. Pages, Numbers e Keynote agora contam com suporte real ao iCloud. iPhoto e iMovie também sofrem atualização.

Dois novos aplicativos surgiram. Lembretes, inclusive com suporte a geo-localização, e Notas. Tudo sincronizado via iCloud. O Notas no OS X permite formatar o texto, e o iOS respeita a formatação.

Outra coisa que chama a atenção é a central de notificação. Ficou excelente. Adeus Growl.

Também testei o espelhamento. Gostei. O espelhamento está disponível apenas para Macs +2011.

Por questões e segurança todo aplicativo que acesse a agenda precisa ter o acesso liberado.

A Atualização de Software agora te leva para as atualizações da Mac App Store. Todos as atualização são distribuídas por ela.

Eu fiz “jailbreak” no meu Mac, isso porque deixei qualquer aplicativo ser instalado. Essa configuração, Gatekeeper, fica em Preferências do Sistema -> Segurança e Privacidade -> Geral. Tive que pedir ajuda no Twitter para encontrar. Estava procurando o ícone da fortaleza e não achei. A configuração é toda textual.

A pasta do Dropbox perdeu seus ícones de sincronização. Mas o Reinaldo Versuri apontou que a nova versão que será disponibilizada automatcamente ao longo da semana resolve isso. Ou você pode baixá-la agora.

Pra arrematar, outra novidade campeã é a possibilidade de múltiplos Time Machines. Você pode usar um em casa e outro no trabalho por exemplo. Você terá 2 backup nesse caso. Ou ainda quando estiver numa viagem, como lembrou o José Navas, você pode seguir fazendo backup num HD externo enquanto não volta para o seu Time Machine “original”.

No todo fiquei bastante contente com a atualização. Gostei mais do que o Lion, ficou muito melhor funcionalmente e mais ágil.

Lembre todas as novidades do Mountain Lion, inclusive as do SDK.

Etiquetas

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close