opinião

Previsões WWDC 2012

Estava conversando com o Rodrigo Simões, aquele que contou pra gente Como Funciona a Infra-Estrutura da Internet, e ele, também desenvolvedor, me contou as apostas dele para a WWDC 2012.

Atenção para a análise do convite! Vocês sabem que isso é uma dica que a Apple sempre oferece de ante-mão.

Palpite a respeito do iOS 6, que provavelmente será mostrado na próxima WWDC. Com base nas necessidades que temos atualmente, compilei alguns itens interessantes aqui:

  • App Store: A grande sacada da nova atualização será justamente a App Store, mas não somente na questão da facilidade de buscas de apps e tal, mas também na atualização de aplicativos e gerência do sistema. Por exemplo:
    • Delta updates: Permite que um aplicativo seja “parcialmente atualizado”, ou seja, o iPhone não precisará baixar 100% dele quando houver um update. Quem já atualizou o Sigic e Real Racing 2, sabe exatamente do que estou falando. O modelo de atualização atual está bastante ultrapassado e não é prático. Só como referência: no OS X Lion já funciona assim. O sistema só baixa a parte do aplicativo que foi alterado. Podemos dizer que essa feature implantada primeiro no OS X foi uma espécie de teste, pra ver como na prática se comporta. E funciona 100%!
    • Updates e Downgrades (retrofit) de aplicativos: Quem já não atualizou um app e na prática percebeu que o antigo funcionava melhor que o novo? Pois bem, infelizmente não existe uma forma prática e oficial de voltarmos uma versão antiga de um app. E creio que isso será “melhorado” na nova versão do iOS. Eu não sei de que forma, mas provavelmente será. Imagino que terá um limite como conseguir escolher entre a versão atual e uma ou duas versões anteriores. E é claro, uma forma de ignorar temporariamente a versão de um app, de forma que não fique mostrando o badge no ícone da App Store o tempo todo, informando que existe uma atualização que não queremos fazer no momento.
  • Modularização do OS: Notaram que o o teaser da WWDC 2012 mostra uma maçã formada por pequenas pecinhas, estilo um quebra cabeças? Pois bem, esse é um palpite antigo meu (achei que iriam fazer já o iOS 5, mas não rolou). A Apple pode “quebrar” o iOS em vários pedaços e facilitar assim a atualização do sistema. Seria como se por exemplo, o Mail e o Safari fossem “aplicativos atualizáveis” do iOS. Como já é hoje no Android e evoluindo no OS X. Na verdade eu acho esse item com baixa probabilidade, mas não deixa de ser interessante. Uma saída seria a Apple “privatizar” alguns aplicativos como o Safari para a App Store. É uma forma de tornarem os updates mais rápidos e frequentes. Pra quem ainda não sabe, o iOS 5.1 atual contém uma vulnerabilidade no Safari e ainda não foi corrigida, pois lançar um update inteiro do iOS é algo bastante crítico e delicado.
  • Teste de aplicativos antes de comprar: num precisa dizer mais nada

Acho que a App Store é um item que evoluiu muito pouco nas últimas versões, por isso acho que a hora de melhorarem é agora. É claro que veremos muitas outras novidades (FaceTime over 3G, pleeeease…), mas esse imagino que receberá uma atenção especial da maçã! 🙂

Concorda? Discorda?

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar