notícias

Adeus Scott Forstall e John Browett

John Browett está deixando a Apple. Está mais para ter sido deixado, acredito. Ele parte imediatamente. Enquanto um novo substituto não é contratado, Tim Cook tomará para si as responsabilidades de Browett. Num email aos funcionários, Tim Cook fortaleceu e apoiou o time abaixo do Browett. O que me sugere descontentamento com o executivo.

Ele tinha uma mentalidade de cortar custos e não fez muito sucesso.

Em 2013 Scott Forstall também partirá. Até lá ele atuará com um consultor de Tim Cook.

E não foi só isso de mudança, não.

Jony Ive será o responsável pelas equipes de interfaces humanas(Human Interface teams), junto com seu atual papel de Design Industrial.

Eddy Cue será responsável pelos Mapas e pela Siri, aumentando a responsabilidade do atual Serviços Online.

Craig Federighi assumirá iOS(Scott Forstall) e manterá o OS X.

Bob Mansfield liderará Tecnologias(“Technologies”), um grupo focado em inovação em tecnologia sem fio e semi-condutores. Ainda ficará 2 anos na Apple. Lembre que ele ia se aposentar esse ano.

Quem era forte, se consolidou. Quem fez lambança, foi corrido porta a fora.

Mas o Forstall? Será que o iOS deixou de ser interessante para ele, como foi com o Bertrand Serlet, chefão do OS X, ou foi um efeito Apple Maps?

Afinal, ele era o responsável. Outra corrente defende que ele incentivava o esqueomorfismo, ícones com forte semelhança com a contra-parte real da função virtual. Estaria a Apple entrando na fase de ícones minimalistas a la Windows 8?

Terá sido o eterno Siri em Beta? Ou apenas dificuldade no relacionamento. Dizem que o Forstall, ego cheio pelas comparação com o genial Steve Jobs, estava tão difícil que as reuniões com os demais executivos eram sempre acompanhadas pelo Tim Cook.

via Apple

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close