dicas

Economizando na transferência de dados no iOS

Mobile é mobile. E isso significa um plano de dados 3G atrelado. Como no Brasil temos o ilimitado limitado, é bom economizar.

Já passei algumas dicas aqui, como o uso do Onavo. Mas agora quero refletir sobre uma prática simples para economizar dados que nem sempre levamos em consideração.

O uso de apps.

Estar com a internet no bolso é uma praticidade. A questão é que associamos a internet ao navegador. E dá-lhe Safari Mobile.

Poucos são os sites que fazem uso de uma versão mobile. E ainda que o site tenha um visual clean. Um site pressupõe duas coisas:

  • dados, a informação que desejamos acessar.
  • formatação, a forma como esses dados serão exibidos.

Claro que alguma vezes queremos informar dados ao invés de consumí-los, e ainda assim a lógica é válida.

Ao usar um app nativo, a formatação é definida pelo app, dentro do código. Não estou falando de webapps, ainda que encapsulados dentro de apps nativos. Falo de apps nativos.

Vamos falar de números? Vou usar como analogia o RSS. O RSS só transmite o conteúdo sem a formatação. Uma página do CocaTech, a Como gerenciar o espaço livre nos iParelhos versus a sua versão em RSS. Para tornar menos agressiva essa comparação, vou ignorar os dados de imagens.

O tamanho dá página é de 73KB. A versão RSS é de 1KB. Preciso falar mais alguma coisa?

Vamos acrescentar os dados das imagens, banners, css, javascripts, … Sobe para assustadores 484KB. E olha que o CocaTech é relativamente clean.

Ainda que minha tese não tenha um rigor estatístico, creio ter passado a mensagem.

 

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar