opinião

Estamos vivendo uma bolha Apple?

O conceito de bolha impede que se perceba quando se está dentro de uma.

A bolha é uma situação insustentável. Coloca-se valor em algo que não tem valor.

Bolha da internet. Coisas virtuais tinham mais valor que coisas reais. Bolha imobiliária no EUA. Como você paga uma dívida com um bem que gerou essa dívida e ainda ganha dinheiro?

Percebe a fragilidade?

O sucesso da Apple se baseia em vendas. São números reais. Tanto que ela possui USD100 bilhões. O valor de mercado da Apple hoje é de USD570 bilhões. Não parece uma bolha.

Mas existe sim uma bolha. Uma bolha de consumo.

Hoje todos querem Apple. Daqui 10 anos o jogo pode virar. Por causa da concorrência. A bolha pode estourar. A Apple pode perder a mão.

O mercado acredita os produtos até 2015 são da era Steve Jobs. Ele participou desses projetos. Embora o último projeto que ele participou ativamente foi a 6ª geração do iPhone, a ser lançada em 2012.

A Apple está declaradamente rumo ao USD1 trilhão de capitalização.

Os homens e as empresas mais ricos do mundo de alguma forma demonstram qual o foco da humanidade na atualidade. Computadores, Comunicação(telefonia, internet, etc), Petróleo, etc. Tudo isso já foi ou é foco.

Qual o foco da Apple?

Computadores? Não.

Telefonia? Não.

Software? Também não.

A Apple hoje está centrada na inovação. Não uma inovação utópica. Uma inovação prática. Reinventando o dia-a-dia. E já faz isso desde os anos 70.

Quem leu a biografia de Jobs sabe que ele o iPad era uma proposta dos anos 80. Só que inviável na época.

A Apple é a respeito de algo que poucas empresas fazem. As empresas seguem a regras do jogo. A Apple escreve essas regras.

Até que ponto a Apple vai continuar inovando é difícil dizer. Mas até 2015, ao menos, está garantido!

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close