notícias

iTunes Match com streaming

Um dos serviços esperados no anúncio do iOS 5 durante a WWDC’11 foi o streaming via iCloud. Isso não aconteceu, pelo menos no meu entendimento.

O grande foco foi a legalização de suas músicas piratas, caso fosse assinado o serviço iTunes Match. Outro ponto forte foi o sincronismo das música da sua biblioteca com a nuvem usando o banco de dados da iTunes Music Store. Ou seja, ao invés de subir uma cópia da sua biblioteca, era localizado a música dentro da loja e disponibilizada uma cópia em alta qualidade dentro da sua conta na nuvem. Apenas em casos de da música não fosse localizado seria feito o upload desde o seu computador.

Ontem foi liberado o primeiro beta aos desenvolvedores. Restritos a contas americanas. E sujeito ao pagamento da assinatura de USD24.99 por ano. Muitos reclamaram dessa taxa se esquecendo, provavelmente, que esse serviço legaliza toda a biblioteca pirata.

E do nada surgiu uma nova feature. O serviço foi anunciado como:
iTunes Match stores your complete music library in iCloud, allowing you to enjoy your collection anywhere, anytime, on any iPhone, iPad, iPod touch, or computer.

Isso mesmo será possível o streaming! No melhor estilo Spotify. Está aí a coisa legal que a Apple disponibilizou para contrapor a saída de Steve Jobs.

O pessoal do Insanely Great Mac publicou um vídeo, confira:

Mas ainda há que se ter cuidado. Por ser um beta, além de possíveis bugs, a biblioteca na nuvem deve ser zerada quando sair do beta.

Vale lembrar que o iTunes Match permite 25.000 músicas sem contar as adquiridas dentro da iTunes Music Store. Além do stream

A Amazon oferece o Cloud Player por USD20, com espaço ilimitado para músicas e 20 gigas de armazenamento para arquivos. E as músicas precisam obrigatoriamente, caso não forem compradas, ser subidas.

Etiquetas

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close