notícias

Nintendo não pediu remoção do Flappy Bird

flappy-bird

Yasuhiro Minagawa, porta-voz da Nintendo, disse ao WSJ que a empresa não tem relação com a remoção do Flappy Bird da App Store, como alguns chegaram a especular.

A teoria agora é que o desenvolvedor teria feito uso de bots para download e reviews na na loja. E antes de ser descoberto, resolveu pedir penico. Será?

In an email to The Wall Street Journal, Nintendo spokesman Yasuhiro Minagawa on Monday reiterated previous company statements that the Japanese videogame giant hasn’t complained at all about Flappy Bird’s similarities to Nintendo’s original “Super Mario Bros.”
While we usually do not comment on the rumors and speculations, we have already denied the speculation. (traduzir)

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Close