opinião

Novo iPad, vale a pena?

Quem migrou do iPhone 3G/3GS para uma tela retina sabe que isso é motivo suficiente para atualizar.

O novo iPad, difícil não usar o termo iPad 3, é mais rápido, mais fino, encaixa melhor na mão, 4G,  maior duração de bateria comparado à priemira geração, como disse John Grubber. E ele continua dizendo que a tela retina é atordoante. E com o mesmo preço e a Apple fez como que tudo isso parecesse simples.

Sim, eu vou pegar um Novo iPad asim que consiga.

Agora, acredito também que computadores dedicados podem ser trocados por iPad’s. Você pode pegar o seu dispositivo antigo e arranjar uma nova função para ele. Ou mesmo adquirir um antigo para um determinado uso.

A atendente no consultório do dentista, que só apenas cuida da agenda pode ser uma usuária do iPad. Com dock, teclado nos moldes de um PC tradicional. Dá até para usar como controle de estoque.

Quer colocar uma TV na cozinha? Por que não um iPad, se você curte mídia digital? Ou como me sugeriu o Rene Lacerda, acho,  no Twitter usa como midia center no carro.

Sabe aquele PC que fica no escritório para servir de acesso à internet? Que tal ser reinventado com um tamanho menor, portátil e ficar em cima da mesa de TV da sala? Ou ainda como telefone skype.

Muitos leem, aprendi hoje que não tem mais acento, livros na cama antes de dormir. E tem o problema da luminosidade, que por vezes incomoda o cônjuge. Tanto livros quanto o Kindle. Que tal configurar o seu iPad como um leitor de livros? Sem email, sem notificações, sem distrações. Apenas um leitor de livros “noturno”, economizando na conta de luz, aproveitando a retro-iluminação.

E tantas outras ideias, também sem acento, Portarretrato digital, leitor de jornal e revistas, livro de receitas digital, etc.

A proposta é reinventá-lo como um dispositivo dedicado. Afinal, você já considerou presentear o seu filho, né?

 

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar