dicas

Fonte do iPad vs. Fonte do iPhone vs. Porta USB

A fonte do iPhone precisa na entrada de 110V/220V de tensão, popularmente chamada de voltagem, e 150mA de corrente. Isso é transformado em 5V e 1A. Já no iPad são 110V/220V e 450mA na entrada, transformados em 5.1V e 2100mA.

O que significa isso?

A potência elétrica é igual à tensão multiplicada pela corrente.

P=VI

Logo a potência da fonte do iPhone é 5W e a do iPad 10W (iPad 4 12W e iPad mini 5W).

Já nas portas USBs dos PC a tensão padrão é de 5V e a corrente máxima é de 500mA. Uma potência de 2.5W.

Na prática podemos dizer que carregar o seu iPhone no carregador do iPad é bem mais rápido do que no carregador original. Não é exatamente 2x mais rápido por que o iPhone tem a sua potência máxima inferior a 10W. A fonte do iPad permite que o iPhone carregue na velocidade máxima, mas não no máximo que a fonte pode permitir.

E o USB?

O iPhone leva o dobro do tempo para carregar via USB do que usando o seu carregador original. E nos PCs o iPad nem carrega. A corrente é muito baixa. Na placa mãe existe um circuito que limita a corrente a 500mA. Existe um programa windows o Asus Ai Charger que justamente desabilita esse circuito na porta USB. Permitindo carregar os iPads. Nos Mac, a porta USB é mais, digamos, complacente no fornecimento de energia.

Estraga a bateria?

Não estraga.

 

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar