opinião

gArotada

No sábado, 15/09, seis amigos de meu filho mais velho apareceram lá em casa para fazer um trabalho de grupo da escola. Seis adolescentes de 12-13 anos. Todos com smartphones, Androids intermediários.

Tive que perguntar e o tal do iPhone? Resposta unâmime:

É meu sonho, se meu pai comprasse para mim…

Será que os 500milhões de aparelhos Androids são de pessoas queriam iPhone mas não conseguiram comprar?

Dividimos o mundo em pessoas que usam iPhone e pessoas que gostariam de usar? 🙂

Brincadeiras à parte, isso joga uma luz no tanto de Androids vendidos ao mesmo tempo que uma pré-venda do iPhone esgota em menos de uma hora.

Ainda que seja “difícil” encarar o CocaTech quando ele pergunta sobre iPhone, não creio que isso tenha afetado as respostas. Estávamos almoçando, os iTrecos e Macs estavam guardados. E outra coisa, compartilhei a experiência nas redes sociais e encontrei o mesmo padrão em se tratando de adolescentes e crianças.

Reflito que apenas o Geek briga na guerra iPhone vs. Android. O usuário padrão compra Android pelo preço e sonha com o iPhone.

Nota: o título desse artigo, “gArotada”, foi dado pelo coca Rogério Oliveira.

Gustavo Faria

de um tempo em que a UFRJ formava não cientistas da computação, mas bacharéis em informática e acompanhe as Dicas do Coca.
Fechar